Baixando Músicas - Pop - Sexo, poder e arte
Download Sexo, poder e arte Manu Gavassi

Manu Gavassi - Sexo, poder e arte

Artista: Manu Gavassi

Música: Sexo, poder e arte

Downloads: 45 ( )

Ouvir música Sexo, poder e arte

Relacionados a seu interesse:

Sexo, poder e arte Letra

Ser subestimada me move
E eu danço a dança de quem sempre tem tudo a perder
Olhar pra mim é quase morte, me consome
O meu valor em números, vem me enlouquecer
E me contam aquela mentira outra vez
Se você tirar a roupa ainda chega a sua vez
E reforçam a mesma mentira todo dia
Suas ideias não te levam tão longe quanto seu corpo levaria
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Quanto vale sua alma? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Se tudo tem um preço
Pago em parcela só pra desobedecer
Quanto vale o seu corpo? Quanto vale você?
Ser subestimada é meu nome
E eu sumo só pra fama não sugar todo o meu poder
Se eu sou um grande sucesso, um grande fracasso, não sei dizer
O meu valor em números, vem me enlouquecer
E me contam aquela mentira outra vez
Se você tirar a roupa ainda chega a sua vez
E reforçam a mesma mentira todo dia
Suas ideias não te levam tão longe quanto a pornografia
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Quanto vale sua alma? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Foda-se o algoritmo
Eu danço no meu próprio ritmo
Tenho essa carinha, mas te causo um problema
Ser mulher é hackear o sistema
Foda-se o algoritmo
Eu danço no meu próprio ritmo
Tenho essa carinha, mas te causo um problema
Ser mulher é hackear o sistema
Foda-se o algoritmo
Eu danço no meu próprio ritmo
Tenho essa carinha, mas te causo um problema
Ser mulher é hackear o sistema
Em cada menina nasce um novo olhar, uma esperança
Em cada mulher ecoa uma história, uma vingança
Em cada nova conquista, uma antiga amarra pra nos parar
Tentaram transformar minhas palavras em moralismo só pra me calar
Mas por que minha inteligência é chatice e meu corpo é poder?
Porque pra eles o seu cérebro assusta
E o seu corpo dá prazer
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Quanto vale sua alma? Quanto vale você?
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você?
Quanto você vale quando ninguém vê?
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você? (Foda-se o algoritmo)
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você? (Eu danço no meu próprio ritmo)
Quanto você vale quando ninguém vê?
Quanto vale sua alma? Quanto vale você? (Ser subestimada me move)
É necessário calcular o que se quer vender
Quanto vale seu corpo? Quanto vale você? (Quanto vale seu corpo?)
Quanto você vale quando ninguém vê?
Se tudo tem um preço
Pago em parcela só pra desobedecer
Quanto vale o seu corpo? Quanto vale você?